24 de maio de 2013

Relato: Cavernas do PETAR – Núcleo Caboclos

Em 2005 tive a minha primeira experiência em cavernas, conhecendo algumas do PETAR. 
Fui com um pessoal do CEU (Centro Excursionista Universitário) e ficamos lá somente por um fim de semana, mas visitamos a maioria das cavernas dos Núcleos Santana e Ouro Grosso (relato aqui), mas sempre ficou aquele gostinho de quero mais. O problema é que nunca surgia uma oportunidade para conhecer outras cavernas. E no feriado da Páscoa de 2013 o Rodrigo me convidou para fazermos o Núcleo Caboclos e não pensei 2x.
Marcamos para sair na Sexta-feira (29/03) de carro logo pela manhã para dar tempo de conhecer algumas cavernas naquele mesmo dia. Ficamos por 3 dias acampados no Camping do Núcleo e conhecemos todas as cavernas permitidas à visitação. Mesmo com a chuva que caiu por alguns dias, ela não atrapalhou.
Nessa trip estavam eu, a Márcia, o Rodrigo e sua namorada Rosana.

Foto acima: Todos reunidos no abismo da parte alta da Caverna Teminina 



Álbum de fotos: clique aqui




Camping do Parque
O PETAR - Parque Estatual Turístico do Alto Ribeira é dividido em 4 Núcleos: Santana, Ouro Grosso, Caboclos e Casa de Pedra. O valor de ingresso é de $9/pessoa (Março/2013). 
No Núcleo Caboclos é cobrada somente a taxa de $12/pessoa pelo uso do camping. 
O lugar é o único que disponibiliza um camping para os visitantes, que deve ser reservado com antecedência junto a Administração do Parque em Apiaí. O Camping é plano e todo gramado com chuveiros de água fria, sanitários e pias.
A contratação de um guia é obrigatória e sem ele não se consegue visitar as cavernas.

Telefones úteis:
Núcleo Caboclos: (15) 3552-1875
Associação dos Monitores Ambientais (guias) de Apiaí: (15) 3552-2815 
Guia Luio: (15) 3552-1575 e 99852-9759 e 98111-2569
Guias que moram dentro do Núcleo Caboclos: o único contato é através da Adm.: Gastão e Jair. Outro morador: Sr. Agenor.
Portaria do Parque
Como chegar: Seguimos pela Rodovia Castelo Branco por quase 140 Km até o acesso a Tatuí e dali seguindo em direção a Itapetininga, Capão Bonito, Guapiara. 
Depois dessa cidade são mais 37 km até o acesso que leva ao Núcleo, seguindo ainda por 17 km em estrada precária. 
Esse é o melhor caminho para chegar no Núcleo, já que as estradas são asfaltadas e em bom estado, mas com a desvantagem de todas serem pedagiadas, totalizando pouco mais de $30 Reais.





Cavernas:
Caverna Chapéu Mirim I

O acesso as Cavernas do Chapéu, Chapéu Mirim I, Chapéu Mirim II e Aranhas é por trilha bem demarcada e sem dificuldades que sai ao lado do Camping. É a chamada Trilha do Chapéu. As Cavernas Chapéu Mirim I e II são as mais próximas do Camping e no seu interior segue um pequeno riacho. Nas duas é possível entrar por um lado e sair pelo outro.
Abaixo a relação das cavernas permitidas à visitação: