15 de janeiro de 2009

Dicas: Algumas praias desertas de Ubatuba/SP

No início de Janeiro de 2009 fui conhecer algumas praias de acesso difícil e pouco conhecidas em Ubatuba.
As praias são a da Figueira, Ponta Aguda, Mansa e da Lagoa.
Não ficamos vários dias porque o tempo não ajudou muito.
Enquanto em Sampa fazia Sol de 40º C, lá em Ubachuva chovia quase todo final de tarde.

Foto ao lado: rio desaguando na deserta Praia da Lagoa






Fotos dessas praias: clique aqui


Abaixo algumas dicas e informações úteis para quem quiser conhecer essas praias.


Um item obrigatório para essas praias é o repelente. Todas elas estão repletas de borrachudos.


Estacionamento em frente a Pousada Taoland
Acesso: 
Vindo de Caraguá, assim que passar o acesso à praia da Tabatinga e chegar no portal de entrada de Ubatuba, existe uma rua que sai bem ao lado (em frente a um ponto de ônibus). É só seguir por ela subindo e no final dela virar a direita. 
Cheia de buracos, a rua asfaltada vai seguindo com algumas casas do lado direito e mata do lado esquerdo. 
São + - 5 minutos de carro até uma bifurcação (aqui termina o asfalto). 
Pegue a estrada de terra à esquerda toda de cascalho, que vai subindo pela mata fechada.
Inicialmente vai ser uma subida bem íngreme por uma estrada precária e depois de atravessar um morro, a estrada inicia uma sequência de descidas, passando por uma bifurcação à direita que leva até a Praia da Figueira (se quiser ir nessa praia, o ideal é deixar o carro uns 100 metros à frente em um local descampado, junto da estrada). Abaixo a relação das praias visitadas:


Praia da Figueira vista da estrada
Praias
- Praia da Figueira: Se localiza dentro de uma propriedade particular, mas é super tranquila e tem um pequeno rio que deságua no canto da praia. É boa para mergulho nos costões e tem pouco mais de 500 metros de extensão. Possui inúmeras áreas de sombra.
No descampado da estrada, onde pode se deixar o carro, sai uma trilha que leva até os costões, onde ondas bem fortes batem com violência nas pedras.
Seguindo pela estrada, logo se chegará na Eco Pousada Taoland.
Aqui tem uma bifurcação à direita que leva até a Praia da Ponta Aguda e à Praia Mansa.


Praia deserta de Ponta Aguda
- Praia de Ponta Aguda: existe uma pequena infraestrutura de camping e 1 quiosque com estacionamentos. A areia é bem fina e com várias áreas de sombra.
No meio da praia deságua um rio, que forma um pequeno manguezal próximo da areia.
Bem no final da praia à esquerda, sai uma trilha que leva até a Praia Mansa (usada por algumas pessoas que chegam de barcos e lanchas, que ficam paradas em frente à praia). 
É literalmente deserta.
Em frente à Pousada Taoland, a estrada segue em frente em direção à Praia da Lagoa e mais uns 10 minutos por estrada precária se chega a uma pequena casa, onde pode estacionar o carro, pagando uma pequena taxa e dali sai uma pequena trilha que leva até a praia. 


Chegando na Praia da Lagoa
- Praia da Lagoa: Bem extensa, de areia bem fofa e com muitas conchas, mas com poucas áreas de sombra. No lado esquerdo existe uma lagoa de águas calmas e escuras, com profundidade não mais que 1/2 metro (de vez em quando se encontra alguém pescando).
Próximo da areia existem alguns descampados na mata, onde alguns fazem camping selvagem. A água pode ser conseguida do outro lado da lagoa, em uma pequena bica.
A praia era usada para desembarque de escravos e antes de se chegar na areia, pode se observar algumas colunas erguidas que possivelmente são resquícios daquela época. 
Pequeno rio desaguando na Praia da Lagoa
Indo em direção à mata, pode se avistar ruínas de uma antiga Fazenda Colonial onde os traficantes escondiam os escravos em uma grande estrutura de granito, que segundo historiadores pode ter sido usada como local para que os escravos ficassem guardados, esperando que fossem transferidos para as fazendas (como se localiza dentro de uma propriedade particular, deve-se pedir permissão para conhecê-la).
Junto a casa, onde se estaciona o carro para chegar na Praia da Lagoa, sai também uma trilha que leva até a Praia do Frade (ou Simão). 
É outra praia deserta com ondas muito fortes. 

Todas essas praias fazem parte da Trilha do Saco das Bananas, que se inicia na Praia da Caçandoca e termina na Praia da Tabatinga. O total de praias dessa trilha chega a 11 e dá para ser feito em apenas 1 dia de caminhada.
Em 2004 eu e a Márcia fizemos essa trilha do Saco das Bananas.
Relato dessa caminhada: é só clicar aqui




Hospedagem:
Ubatuba é uma cidade com inúmeras pousadas, chalés e campings e para todos os bolsos.
Ficamos em uma Pousada próximo ao centro da cidade, de frente para a Praia do Perequê.
A pousada é relativamente barata e dali se consegue chegar facilmente no centro da cidade onde estão as melhores opções de restaurantes. 

Outra opção que eu já fiquei e também recomendo é o Itaguá Camping que possui belos chalés:

3 comentários:

  1. carolemboava02 maio, 2013

    Ótimas dicas... moro pertinho de Ubatuba, mas ainda não conheço essas praias! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São praias muito bonitas Carol.

      E que continue com acesso por estradas precárias, pois assim essas praias continuam pouco conhecidas da maioria dos turistas.

      E tem também os borrachudos, que são um repelente natural desses lugares.

      Abcs

      Excluir
  2. sheylamoraes02 maio, 2013

    Com sol ou não Ubatuba é maravilhosa...
    Adoro Félix... nem mesmo os celulares funcionam.

    ResponderExcluir