28 de julho de 2001

Relato: No topo do 3º maior pico do país - Pico da Bandeira/PN Caparaó - MG/ES

No final do ano de 1999 comprei uma motocicleta Honda zero km e com ela planejava fazer uma pequena ou até uma média viagem de no máximo 1 semana.
Como estava chegando época de inverno, o litoral estava fora de questão, já que não compensava ir para as praias e não aproveitar. 
Outra opção eram as montanhas, mas qual escolher. Depois de muito estudar, resolvi então seguir de São Paulo até o Parque Nacional do Caparaó (divisa MG/ES) para subir o Pico do Bandeira, com altitude de 2892 mts. Era unir o útil ao agradável (uma viagem interessante seguida de uma caminhada dentro do Parque).

Foto acima: entardecer no topo do Pico da Bandeira






Fotos, algumas coordenadas de GPS e mapa de acesso ao Parque: Clique aqui

Tracklog para GPS da trilha até o topo do Pico da Bandeira: Clique aqui



Para os preparativos, liguei no Parque para saber as condições de reserva do camping. Até  tinham vagas, mas como não estava a fim de levar uma barraca na moto, desisti. Achei melhor ficar em pousadas.
Liguei em algumas da cidade de Alto Caparaó (MG) e a que eu escolhi foi a Pousada do Rui, localizada junto a uma Igreja em um dos pontos mais altos da cidade.
Como pretendia ficar na pousada e entrar e sair do parque no mesmo dia não me preocupei em levar muita coisa. 
A data escolhida foi Julho de 2001, por ser uma época perfeita para viagens de moto.
Consegui alguns dias de folga no trabalho e arrumei algumas peças de roupa e coloquei em uma pequena mochila, prendendo-a na moto.
Antes dei uma pesquisada na internet para ver qual o melhor trajeto para se chegar lá e encontrei vários, porém o mais curto pegaria um trecho da Via Dutra e da Rio-Bahia.
Segundo o trajeto que eu escolhi a quilometragem seria de uns 900 Km e contando com as paradas calculei que levaria entre 10 e 12 horas de viagem.
No dia anterior liguei na Pousada do Rui e fiquei sabendo que a mesma estava vazia, então fui sem fazer a reserva.
Sem previsão de chuvas e com promessa de tempo bom, saí de Sampa por volta das 07:00 hrs da manhã e fui seguindo pela Rodovia Ayrton Senna e só caí na Via Dutra já próximo de Taubaté e com isso evitei um bom trecho da Via Dutra que é cheia de caminhões.
Em Aparecida fiz uma pequena parada pouco depois das 09:00 hrs para fazer uma visita à Basílica e depois segui viagem.