13 de maio de 1998

Relato: Deixados no Parque Nacional do Itatiaia - MG/RJ

Este é um relato de uma situação muito esdrúxula que passamos na parte alta do Parque Nacional do Itatiaia. 
Era a minha primeira vez na região e eu estava com minha antiga namorada Beth e ao voltarmos da subida ao Pico das Agulhas Negras tivemos um pequeno problema com o carro em frente a antiga Pousada Alsene e nessa hora pedi auxilio de um guincho da seguradora, mas que nos deixou na mão e tivemos que nos virar.


Foto ao lado na base do Pico das Agulhas Negras



Fotos dessa caminhada: clique aqui



Seguindo pela Via Dutra
Em Maio de 1998 marquei com minha antiga namorada Beth para conhecer o Parque Nacional do Itatiaia, vistando a parte alta e a parte baixa.
Só que eu não conhecia nada do Parque e isso talvez tenha contribuído para o que aconteceu lá.
O feriado do dia 1º de Maio seria perfeito, pois caia em uma Sexta-feira e dava para viajar na Sexta e conhecer o Parque no Sábado e Domingo. 
Saímos de SP na manhã do dia 1º, parando no meio do caminho para comer alguma coisa, para chegar no inicio da tarde em Itatiaia.
A pousada ficava próxima da Via Dutra e chegar lá foi fácil.
Na Pousada Campo Alegre em Itatiaia
Depois de nos instalarmos na pousada, encontramos um outro pessoal que iria para a parte alta do P.N. com o apoio de um guia, fornecido pela pousada.
Eu, como não sou chegado uma contratação de guia, recusei ir junto com eles e disse que iria com meu carro mesmo. 
Naquela tarde de Sexta só fomos conhecer uma ou outra cachoeira na parte baixa do P.N. e que nem valeu a pena.
Ficamos na piscina no final daquela tarde.
Devíamos ter chegado até o Poção de Maromba e a Cachoeira Véu de Noiva.
Na manhã de Sábado o tempo estava perfeito, com muito Sol e saímos da Pousada por volta das 08:00 hrs.
Garganta do Registro
Seguimos por um pequeno trecho da Via Dutra, sentido SP, até pegar a Rodovia que segue para Itamonte e o sul de MG.